Eventos, feiras e exposições O que fazer em SP

Nora/5 #SomosTodasNora

Minha primeira peça no teatro!

No dia 7 de Dezembro de 2015, como encerramento de semestre do teatro, eu e minha turma nos apresentamos no Teatro Commune! Eu já tive experiências maravilhosas com o palco, mas somente como dançarina (quando eu fazia Ballet e Jazz) – saudades. Além disso, já havia me apresentado em peças menores e cenas na escola. Mas num teatro, como atriz, foi a primeira vez!

O que eu tenho a dizer sobre a minha primeira peça no teatro? Apaixonante! É maravilhoso estar no palco! Seja dançando, seja atuando.

Casa de Bonecas, Henrik Ibsen

Bom, a nossa peça foi uma criação coletiva inspirada na obra de Henrik Ibsen, “Casa de Bonecas”. A obra é de 1879 e fala basicamente de uma mulher submissa. À família e principalmente ao marido. Nora faz de tudo para não desagradar ninguém, mesmo que tenha que esconder o que pensa/sente. No final, ela abandona tudo e vai embora. Cansa de ser a “boneca” de todos, incluindo seu pai. Ela entende que todos a veem exatamente assim: alguém que só obedece. E realmente é isso.

Para a época, foi um choque colocar isso numa peça de teatro. Porque esse pensamento machista, existia de fato nas pessoas (e ainda tem gente que pensa assim, né? Credo!). Pensavam que mulher só servia para cuidar da casa/família, não trabalhar e não opinar. Acredito que o grande ápice é o final, que é quando ela simplesmente sai de casa! Essa obra traz diversos questionamentos: por que ela largou tudo (incluindo sua família)? Violência é só física?

A Nossa peça

nora5-1-ma-nagamini

Nora/5 #SomosTodasNora. Criamos a peça com elementos do texto de Ibsen e elementos mais livres, com um pouco de dança e humor (irônico) também, de forma que cada espectador entendesse da sua maneira. Nossa mensagem estava ali. Apesar da peça que nos inspirou ser de 1879, o assunto é completamente atual. Como nossa turma é composta de cinco mulheres e um homem, todas nós representávamos uma face de Nora.

No primeiro final, seguimos a linha do que acontece em Casa de Bonecas: nós, Noras, saindo de casa. Tchau, Torvald! Todos concordamos com essa ideia: a  mulher é tão livre quanto o homem. Ponto. Igualdade, mesmos direitos!

Maaaas, existiu um final alternativo em Nora/5! Que foi inspirado num manifesto feminista radical (REAL) que propunha a extinção dos homens?? Sim, é isso mesmo, matar todos os homens e arranjar um jeito das mulheres se reproduzirem sozinhas. Ficamos todos chocados com isso! Resolvemos chocar o público também e mostrar que existiu um lado radical – acho que esses grupos radicais desses manifestos não existem mais atualmente.

De qualquer forma, a ideia central da peça era essa: mostrar que pensamentos machistas arcaicos são péssimos e podem fazer muito mal à mulher. Mas que também não queremos radicalismo. Ou seja, igualdade é a solução! Acredito que feminismo seja isso, direitos iguais à todos. Se você, mulher, também pensa isso, é feminista. E também é uma Nora! Alguém que tem o direito de opinar e fazer o que quiser! Ser livre!

Parabéns a todos nós (Tereza, Vanderlei, Camila, Kellen, Lilian, Mario e eu, rs) pela peça, não é só porque eu também fiz parte, mas foi incrível! Um super obrigada à todos e principalmente ao Mario!

nora5-3-ma-nagamini

Esse ano tem outra e eu vou contar aqui tudo sobre essa nova peça!

Se você quiser assistir nossa peça, está no Youtube! Clica aqui ó! Beijos! Espero que goste!

You Might Also Like

Sem comentários

Deixe uma resposta

Comente pelo Facebook